O Guitar Days é um documentário sobre as guitar bands brasileiras. Mais um movimento do que um gênero musical, essas bandas foram a gênese do indie rock nacional. Mas o Guitar Days não era pra ser o Guitar Days, e sim um curta metragem sobre a utilização do espaço público em São Paulo pelos músicos independentes, mas como documentários têm vida própria, aqui estamos.

 

Meu nome é Caio Augusto Braga, sou o realizador do documentário e, ironicamente, toco bateria e não guitarra. Toquei em bandas até meados dos atribulados anos 90.

 

Em março de 2015, acompanhava pelas redes sociais a tentativa de um grupo de músicos independentes de realizar um show na Praça Roosevelt, em São Paulo, e percebia que pouco havia mudado desde os 90. No período de uma semana o show mudou de lugar inúmeras vezes, devido a dificuldade em obter liberação das autoridades para o evento público. Ao final daquela semana, os organizadores conseguiram a autorização. O show não ocorreu na praça, porque choveu.

 

Na semana seguinte decidi realizar um curta metragem sobre o cerne da contenda. 

Em todos os depoimentos, os entrevistados faziam questão de me situar historicamente no assunto, com prólogos que invariavelmente começavam nos anos 90. Assim o faziam porque a história da música independente brasileira tem registro quase nulo. E foi quando, ao conversar com Zé Antonio Algodoal - guitarrista do Pin Ups -, percebi que a história que eu deveria contar era um pouco mais ampla do que eu havia planejado.

 

Com um novo e maior panorama definido, convidei o artista plástico e músico paulista Magoo Felix e o músico mineiro Maurício Palhano a se associarem à produção do documentário. Magoo também assina as artes do doc. Maurício deixa a equipe em fevereiro de 2016.

 

Guitar Days é um filme independente. Foi feito sem o aporte financeiro de edital público ou patrocínio e com o apoio de pessoas envolvidas no cenário musical independente brasileiro. É uma produção DIY sobre artistas que fazem dessa filosofia a sua única possibilidade de manutenção no cenário musical brasileiro.

O BOM E VELHO "do it yourself"

gallery/gd site • show de rua